16 maio 2010

rodopia, bailarina,
mostra a sua fé
o pé na ponta dói
e corrói o mal-me-quer

perambula pelo palco
dança o seu sofrer
o zanzar dos seus mistérios
faz o medo espairecer

sinta o seu bailado-
faz seu corpo suspirar
põe pra fora o canto
e permita o murmurar

toda a noite descortina
o que o dia faz dormir
vem correndo, vem mansinho
eu quero te assistir

Um comentário:

Claudinha ੴ disse...

Lindo! Dançando o viver!
Bj